Lições da Copa do Mundo do Catar – #FalaMais3

Quantas oportunidades você já perdeu na vida? Apareceu alguma outra oportunidade semelhante?

De quais delas você se arrepende?

Existe um ditado que diz que há três coisas na vida que não voltam atrás: a flecha lançada, a palavra pronunciada e a oportunidade perdida. Apesar desse provérbio ser atribuído aos chineses, árabes e até mesmo a alguns pensadores na antiguidade, a verdade é que ninguém sabe exatamente a sua origem.

Porém, o que nos interessa a respeito desse provérbio, é a sua lição: precisamos saber aproveitar as oportunidades que aparecem em nossa vida ou, até mesmo, criarmos as oportunidades. Por outro lado, de nada adianta reclamar sobre as oportunidades perdidas ou ficar sofrendo por elas.

Como afirma o pensador espírita brasileiro Chico Xavier “Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim”. Da mesma forma, precisamos estar atentos às oportunidades que aparecem, para não deixarmos mais elas passarem.

Pois bem, e o que isso tem a ver com a Copa do Mundo do Catar?

Para ilustrar essa nossa reflexão, vamos trazer alguns dados sobre uma das partidas: Brasil x Camarões. Como o Brasil já estava classificado para a próxima fase, o técnico da seleção brasileira resolveu escalar os jogadores considerados reservas. Olha aí a oportunidade se apresentando para quem poderia participar de um jogo da copa do mundo – sonho de toda criança que quer ser jogador de futebol e todo jogador chega a uma seleção.

Vamos aos números da partida… A seleção brasileira, uma das favoritas da copa, teve apenas 54% da posse de bola. Realizou 21 finalizações, mas, nenhuma resultou em gol para o escrete canarinho. Já os camaroneses finalizaram 1/3, sendo três chutes a gol, três fora e uma cabeceada de Aboubakar, com um minuto de prorrogação.

Apesar das muitas oportunidades criadas, o time não foi objetivo. A oportunidade de os jogadores considerados reservas se destacarem foi desperdiçada. Não só pelo resultado, mas, pelo jogo apresentado. Parafraseando a Professora Sirley Machado Maciel, não vamos ganhar sempre. Isso é um fato. Porém, precisamos ser sempre melhores do que já fomos. E isso é uma opção.

E por que sermos melhores a cada dia? Exatamente para aproveitarmos as oportunidades que aparecem. Como dissemos no começo: a oportunidade perdida não volta atrás. Porém, precisamos estar preparados e “dar o nosso melhor” para aquelas que se nos apresentam.

Onde os jogadores que tiveram uma chance, que talvez não se repita, erraram? E o técnico da seleção, estava correto em poupar os jogadores considerados titulares e dar uma oportunidade para os reservas? Autoconfiança exagerada? Salto alto? (já tratamos disso em outro artigo). Bom, já sabemos o que aconteceu com a participação da seleção brasileira na copa. Mas, retomando Chico Xavier, se não podemos mudar o passado, o futuro ainda está por ser construindo. E podemos dar um fim diferente para ele, aproveitando as oportunidades que se apresentam e/ou construímos no presente.

SIRLEY MACHADO MACIEL, Mestre em Tecnologia, Psicodramatista, Especialista em EAD, Master Coach, Analista Comportamental Pessoal e Profissional Internacional, pela Sólides Profiler, Terapeuta Transgenerativa. Professora de Oratória há 36 anos. Palestrante, Mentora de de Palestrantes, Autora, Empresária, Presidente do Intrepeds – Instituto de Pesquisa, Treinamento e Desenvolvimento do Ser.

RUI VALESE, Doutro e Mestre em Educação. Master Coach, Analista Comportamental Pessoal e Profissional Internacional, pela Sólides Profiler. Professor de Filosofia e História há 34 anos. Palestrante, Autor e Vice-Presidente do Intrepeds – Instituto de Pesquisa, Treinamento e Desenvolvimento do Ser.

CONTATOS:

Site: www.intrepeds.com.br

Instagram: @intrepeds.insta; @sirleymachadomaciel; @profvalese

E-Mail: contato@intrepeds. com.br; sirleym.maciel@gmail.com; profvalese@intrepeds. com.br

+55 (41) 99278-4823

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Iniciar conversa
Precisa de ajuda?
INTREPEDS
Olá!
Podemos Ajudar?